sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Lobo Guará Bike Adventure agora na versão portuguesa: veja o relato de João Marinho, um biker bem gente boa

 







A bicicleta veio? Sim, tinha de estar incluída na programação. Viemos a Bonito por vários motivos, mas um deles foi analisarmos em conjunto com a Lobo Guara como podíamos colocar a bicicleta nos programas existentes e acrescentar outros. Martin, um argentino de Mar de la Plata apaixonou-se por Bonito e acabou por ficar trabalhando como guia na Lobo Guara. Uma pessoa humilde, pura e um enorme coração. Acabou por ser muito mais que um guia, foi um conselheiro, um amigo e um companheiro de pedalada. Martin nos levou aos lugares mais bonitos de Bonito (face a expressão).

 

O Parque da Budoquena a cerca de 50km de Bonito foi também visitado. Um parque que sofreu uma enorme devastação há umas dezenas de anos atrás, provocada pela necessidade de criação de locais de pasto para o gado. O governo está agora empenhado na sua recuperação e a Lobo Guara está incluída no programa. O objectivo é implementar o mesmo programa de Bonito – Um ciclista uma árvore – Cada ciclista que visite a região é convidado a plantar uma árvore e assim contribuir activamente com a natureza. Foi um enorme privilégio ter iniciado o processo de reflosrestamento do parque. Aqui plantamos 3 árvores, uma por cada ciclista. A mim coube-me uma Embaúba que se juntou à Aroeira plantada em Bonito. Neste Parque acontece mais um fenómeno da natureza, um Rio que desaparece no meio das rochas e volta aparecer 1 500m à frente. Durante este troço o rio flui via subterrânea. Uma fazenda junto ao Parque foi a nossa base. Aqui tivemos cama, comida e acabamos fazendo mais um amigo, o Márcio, dono da fazendo que gentilmente nos recebeu. Obrigado Márcio!



Os tucanos! Há longos anos que queria ver um ao vivo. Depois de estar em vários países da América central e do Sul onde é o habitat natural este pássaro, nunca tinha visto um sequer. Nestes dias em Bonito vi vários, contei um 8 tucanos! Ebaaaaaa!



A Guavira! Não conhecia nem nunca tinha ouvido falar neste fruto. A Guavira é um pequeno fruto que nasce naturalmente na mata. No passado era praga e ninguém se dava ao trabalho de a apanhar, agora vê-se muita gente na berma da estrada apanhando este delicioso e viciante fruto. Eu adoro fruta, por isso sempre que pude comi Guavira e outros frutos típicos da região e do Brasil.

 

Os furos! Tive um, entrou um espinho no pneu traseiro e coincidência das coincidências, aconteceu em frente a uma Mangeira…enquanto eu coloquei uma câmara, os parceiros de viagem deliciavam-se ‘’chupando’’ manga. Assim que terminei juntei-me a eles e acabei por comer uma 6 Mangas em menos de 5 minutos! O campeão dos furos foi o Martin, teve tantos que tivemos de regressar a casa mais cedo pois esgotou o stock de câmaras e remendos que tínhamos disponíveis. Estava possuído!

Bonito é Bonito sem dúvida! Os seus atractivos naturais cativam brasileiros e turistas internacionais! É uma cidade com 20 000 habitantes mas com capacidade para albergar 5 000 pessoas! Muito boas lições de ecoturismo pude tirar desta terra!!

Márcio, Martin, Rudimar, Márcio (Fazenda) e Luli, obrigado por todos os momentos passados. Foi BONITO!!!


 
Por: João Marinho (www.joaomarinho.com)

2 comentários:

  1. Que saudades de vocês e de Bonito!! Em PT estão 3º neste momento :) Foi um prazer conhecer gente boa como vocês! Até breve!

    ResponderExcluir
  2. Marcio! Foi uma delicia passar essa temporada com vcs! Espero que no ano que vem a gente consiga colocar Pantanal no programa! Yuhuuu! Beijos em todos e obrigada por tudo! Luli

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails